terça-feira, dezembro 07, 2004

Matemática natalícia

Sendo que estamos a entrar nesta quadra, queria aproveitar para pôr a nu a estupidez que se encontra associada ao lindo sistema religioso ocidental que tem como denominação geral Cristianismo. É claro que eu já me deliciei a fazer isso mesmo em vários outros posts, mas por outras razões e considerando apenas o efeito geral. Agora vou ao particular, à base, para explicar umas coisinhas que a malta parece esquecer!

Consideremos a suposta razão do Natal... O nascimento de Jesus... Ora bem...
  1. O que raio é que os pastores faziam na rua com o gado no pino do inverno do Médio Oriente?
  2. Como raio é que um recém-nascido sobrevivia numa manjedoura nas dicas cujas condições?
  3. Ele morreu entre Março/Abril de 33 E.C (A.D.), com a vetusta idade de 33 anos e meio... Fazendo umas contas de matemática muito simples, quando é que ele nasceu?
  4. Não será muita coincidência que essa altura coincida com o solstício de inverno, especialmente se tivermos em conta que o Cristianismo sempre foi uma religião de agregação?

Então? Vontade de ir comemorar ainda? Bom, se eu começasse a falar do Natal como um fenómeno de puro comércio e de criação de necessidades que não existem, ficavam ainda pior! Ou então se víssemos a hipocrisia da boa-vontade... Mas deixo isso para vocês, leitores!

Prometeu

1 Comentários:

Blogger Vitor Alvito disse...

É verdade...Talvez eu seja suspeito para falar neste aspecto, mas na religião (e em geral) tudo é estranho desde tradições a condutas. Esse aspecto é um deles, outro que é o que a mim me faz mais confusão é o facto de o catolicismo condenar a falta de tolerância, quando eles próprios são, sempre foram, dos mais intolerantes. Sempre quiseram impor a sua religião sobre as outras, não toleram diferenças que não se enquadrem no padrão que eles consideram normal...
A religião é de facto um assunto que tem muito por onde pegar, muito para criticar, muito para mudar, uma vez que já não vivemos na idade média...Tudo mudou...Há-que mudar os padrões também!

6:40 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home