segunda-feira, outubro 25, 2004

Início dos Neo-Illuminati

Nascidos de uma nova forma de encarar a sociedade, de uma forma diferente de nos posicionarmos face ao "marasmo que nos atordoa" [Jorge Palma], aqui pretendemos deixar uma nova forma de sociedade, aqui pretendemos ter uma nova forma de encarar a vida e aquilo que nos rodeia. Tal como pode ser lido no rodapé deste blog, pretendemos também ultrapassar as convicções demasiado positivistas e desprovidas de certos dados da evolução social que agora temos. É necessário que se opere uma revolução, mas é também necessário que se estabeleça primeiro um contexto teórico para essa mesma revolução, e que se forme um grupo que proceda à mudança. Este primeiro grupo, o núcleo duro dos Neo-Illuminati, não é imutável, pelo que várias pessoas poderão vir a integrá-lo (esperemos que o façam, na verdade). Mas para sempre se registará estas primeiras pessoas que ficarão a cargo de diferentes secções do real, sem que haja, porém, nada de definido.

Apelamos também à participação activa dos leitores (é para isso que servem os comentários!!) e prometemos que daremos resposta, na medida do possível, às questões ou objecções (pelo que, depois de deixarem um comentário, devem lá voltar para ver se já alguém respondeu). Porque consideramos que o humano deve aspirar a ser a eterna mudança, o constante devir, não dizemos que trazemos connosco verdades absolutas, mas sim um projecto alternativo.

De seguida, os meus companheiros farão também uma sua introdução sobre os seus contributos para este blog. Que este possa ser o início de uma grande viagem pelo político, social, económico, artístico... enfim, pelo Real! Adoptámos como lema Libertas in Veritas - a Liberdade na Verdade. É a verdade que nos libertará, é a verdade que procuramos alcançar, não aquilo que oferecemos simplesmente. Queremos que questionem, discordem, debatam, não queremos ser seguidos cegamente. Pensem por vós mesmos! Libertem-se!

Libertas in Veritas!

Prometeu

7 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Dar-me-ia imenso gosto participar num projecto, mas num projecto que salta-se da esfera virtual para o mundo real, um projecto com gente dentro, pronta a agir, a mudar, a contrariar o marasmo, a reunir-se para debater as questões mais prementes, a constituir-se como grupo de reflexão e accão cívica, interessado em demonstrar que existem alternativas.
A cultura, a arte, o ambiente, a ética, o projecto individual deve fazer sentido e formar uma unidade,a vida não pode ser cruelmente dissipada como vulgarmente acontece, o indivíduo não pode continuar acorrentado a uma cadeia de dependências infames.
Não creio que seja possível mudar alguma coisa sem agir, sem resistir, a palavra deve ser apoiada pela acção, e há muito para fazer, esse é o tipo de inércia que é preciso vencer, e com toda a sinceridade, tanto quanto me apercebo, não sinto que estejam reunidas as condições, ou talvez seja as vontades para marcar uma simples reunião.

Cordiais saudações
Rodrigo Ribeiro

10:47 da tarde  
Blogger Prometeu disse...

Este grupo que aqui se apresenta é um grupo que não é virtual, mas sim real. Nós conhecemo-nos, não apenas da Internet, mas na realidade física. Portanto as condições não só estão criadas, como se verifica essa mesma acção de que falas. Há que começar por algum lado. Este é o nosso meio de divulgação, não o nosso meio de existência. Ainda assim, foi uma observação premente, e aqui fica a resposta.

Prometeu

11:58 da tarde  
Blogger Nocturna___ disse...

A Mudança pode ser feita de várias maneiras, tal como a diferença.
Porém, é um processo muito lento.
Há que começar por algum lado. E por que não por aqui? Pelo confronto de ideias?
Não é esta uma condição essencial para que a Mudança ocorra?

Não sei o que acontecerá a partir daqui.
Mas de uma coisa tenho a certeza: a mudança somos todos nós que a fazemos, de uma forma ou de outra.
Cada uma das nossas atitudes e acções, cada uma das nossas palavras, cada uma das pequenas mudanças operadas em nós, é um forte impulsionador da verdadeira Mudança.

Basta aceitar esse desafio.

Nós já o aceitámos.
No entanto a cada dia que passa há mais a fazer...

(será o projecto iluminista um projecto inacabável?)

Rodrigo Ribeiro, aceitas o desafio?

3:40 da tarde  
Blogger Atena disse...

Atingir a verdade é, de facto, o principal objectivo dos Neo-Illuminati. Sejamos realistas ao ponto de dizer que isso não depende unicamente de nós...mas sejamos também ambiciosos ao ponto de dizer que NÓS somos, ou podemos ser, perfeitamente, UM COMEÇO, UM PONTO DE PARTIDA para algo mais...algo que nunca ninguém ousou procurar!

4:57 da tarde  
Blogger GraH'aLL disse...

Posso participar desta " Ordem " junto a todos ?
Adoraria participar da " Discuções " aqui presentes .
Grato.
Pablo
.:.

5:57 da manhã  
Blogger GraH'aLL disse...

Uma pergunta .
Criei meu blog agora .
Quando eu logo , como venho ate aqui pala ler e/ou postar comentarios ?
Eu entro e não sei como achar esta pagina ?
Alguem pode me ajudar .
Eu não sei como fazer nada por aqui ainda . Estou meio perdido .
E ...
Se alguem ai tiver orkut , me adiciona .
http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?uid=18009201031234525358

6:08 da manhã  
Anonymous Anónimo disse...

oi...sei que nao tem nada haver com vcs,só que esse grupo derivou de outro claro,só lendo pela net vi que os illuminatis fazem seitas com magia negra e sacrificam pessoas e agora encontrei esse bolg aki,e como vcs sao os neos devem saber algo sobre isso...é verdade,a nova ordem tbm faz seitas??

6:41 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home