sábado, abril 23, 2005

Sejamos diferentes!

Quando um dia te sentires preso pelas amarras da vida...corre em direcção ao Nada. Solta a criatura feroz que há em ti, deixa-te levar...Segue os teus instintos mais animalescos. Segue a tua vontade mais preversa. Abre-te ao mundo com toda a força e coragem que tiveres nesse momento. Fecha-te à doce ilusão de conseguir mudar isto e aquilo...tudo e todos! Sabes que isso não é possível. O movimento gentil e delicado da tua cabeça responde positivamente ao que acabei de te explicar. Quero fazer-te ver a realidade, caramba!!
Então diz-me: porque continuas quieto no teu canto? Porque continuas inutilmente deitado, à espera que algo possa tranformar de repente a tua vidinha chata e monótona? Porque insistes em esperar que as coisas se alterem à tua volta? Porquê?
Corre! Liberta-te!
Desprende-te do mundo e de todos!
Sê tu mesmo!
Pensa em ti e na força interior que te persegue!
Olha em frente e ilumina o caminho daqueles que, como tu, preferem ficar sentados...contando que os outros façam qualquer coisa diferente e importante.
Enfim...esquece o comodismo e a fila interminável dos iguais...e vive acima das expectativas de todos!

2 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

falar ou escrever é bonito, o pior vem depois na prática!

enfim, como tu disseste "sê tu mesmo" e não alguém que tentas copiar ou ser, e "liberta-te", pois tu és livre e nada nem ninguém te poderá parar! Aliás és feita à prova de bala, ou será que não?

1:02 da tarde  
Blogger Atena disse...

Não sou feita à prova de bala como é óbvio...mas se ficar a pensar nisso...não irei sair do mesmo sítio, não concordas? O meu objectivo não é tanto falar de coisas que, à priori, parecem impossíveis de realizar, mas, sobretudo, dar a deixa para que todos os dias alguém se decida a sair da fila dos "encarneirados"...(desculpa a expressão...), ser diferente, encarar a liberdade de frente e não com medo das suas consequências! Enfim...ser optimista de vez em quando nunca fez mal a ninguém!

Mas obrigada pelo teu comentário...

7:05 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home