terça-feira, novembro 30, 2004

A lei

Porquê a necessidade de infrigir certas leis, de quebrar certas regras?
Conciência ou demonstração rude de uma liberdade mal aproveitada?

É absurdo desobedecer a certas leis, que são efectivamente benéficas, só porque as vemos como afronta à nossa suposta liberdade, como é completamente absurdo obdecer a qualquer regra pelo simples facto de ser uma imposição.

As leis existem para que reflictamos sobre elas. A melhor atitude perante a lei é a reflexão e não a obediência ou a desobediência cegas. Há que ler nas entrelinhas, perceber o que cada lei representa de facto.


Dá próxima vez que o leitor hesitar entre colocar o cinto de segurança ou não, experimente perguntar a si mesmo o porquê dessa (in)decisão...

0 Comentários:

Enviar um comentário

<< Home